quarta-feira, fevereiro 11, 2009



Ganhei esse selinho do Du, do blog http://www.dacordasuapaz.blogspot.com/, o qual, aliás, é excelente!!! Muito Obrigada, Du! e continue escrevendo seus textos tão suaves e bonitos!!
Bom, agora tenho que continuar né? Seguir as regras.. vamos lá!

1- Exiba a imagem do selo “Olha Que Blog Maneiro” Que vc acabou de ganhar!!!
2- Poste o link do blog que te indicou.(muito importante!!!)
3- Indique 10 blogs de sua preferência;
4- Avise seus indicados;
5- Publique as regras;
6- Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras;
7- Envie sua foto ou de um(a) amigo(a) para olhaquemaneiro@gmail.com juntamente com os 10 links dos blogs indicados para verificação. Caso os blogs tenham repassado o selo e as regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá 1 caricatura em P&B !

Os blogs indicados são:
1) http://maisqueblablabla.blogspot.com/ (companheira de IEL)
2) http://diantedachance.blogspot.com/ (Diego, já pensou em escrever novelas? rss)
3) http://www.blogdocreco.blogspot.com/
4) http://liquimix.zip.net/ (também parceira de IEL, doutoranda! aliás!)
5) http://complexodepagu.blogspot.com/ (a socióloga que devia voltar a escrever mais..)
6) http://poetasbarrota.blogspot.com/ (meus poetas favoritos)
7) http://perolasdamimi.spaces.live.com/ (só da IEL aqui..rss)
8) http://modeloclassico.blogspot.com/
9) http://junioroliveira.blogspot.com/
10) http://www.interney.net/blogs/gravataimerengue/

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Era uma vez...


No castelo, vivia um princesa. Ela pintava as unhas de vermelho e gostava de fazer caretas na frente do espelho. Ela detesta quando levanta e ainda está escuro, também quando deita já está claro. Igual a quando misturam doce com salgado na comida. Cada coisa no seu lugar, não é mesmo?
Não era uma princesa como as outras. Nem sequer sabia cozinhar e seu castelo, nem era lá aquelas coisas. Ora, será que ela era mesmo uma princesa? Ela mesma se questionava sobre isso, afinal, como poderia ser uma princesa..parecia tão..tão.. normal! Não acordava bem humorada, não sorria a todo tempo, derrubava tudo, quebrava tudo, tropeça, cai.. onde estava aquela sutileza e delicadeza de gestos e atos narradas nos contos de fadas?Com certeza, tinha todos os motivos para duvidar da sua "realeza"...
Poderia não ser uma princesa perfeita como parecem ser as outras... mas sonhava como todas elas. Quando menos se esperava, ela já se via pensando nele. O princípe.. que não viria no cavalo branco, mas que seria aquele capaz de a fazer rir em uma terça feira qualquer. Aquele que implicaria com uma mania sua, ao passo que ela implicaria com o jeito que ele arruma o cabelo. Gostariam da mesma música e odiariam muitas outras. Teriam olhares em comum, através do qual se entenderiam sem maiores explicações. E com o tempo, saberiam até prever qual seria o gesto ou a palavra. E ela gostaria de fazer as coisas para agradá-lo só para depois poder vê-lo sorrir. Em seus sonhos, tinha certeza, de que adoraria vê-lo sorrir. Não precisariam de exageros e declarações apaixonadas, porque já saberiam. Estaria dito a todo momento. E seriam felizes para sempre. Mesmo que o pra sempre... não exista.
Fim!
Ocorreu um erro neste gadget