domingo, abril 26, 2009

Minha mãe é...




É aquela que é péssima para acordar as pessoas. Ela chega falando alto, abrindo a janela e dando bronca: "Você vai chegar atrasada!!". Ela também não é lá muito delicada para dar más notícias. "Ei, acorda, seu avô morreu". É.. bom dia pra você também, mãe..


Ela é também uma pessoa desastrada. Um sorvete sem derrubar na roupa, não é um sorvete! E por falar em sorvete, como ela gosta de um! Mesmo durante a dieta que ela vive fazendo, não abre mão de um sorvete!


Minha mãe é capaz de dar os maiores foras, do tipo, deixar pra fora de casa minha amiga que vinha do Paraná. Por que ela fez isso? Nem ela sabe! É também muito cara de pau - pechincha, pede, cobra. E quer saber? Ela sempre consegue! Sempre!


Eu, racional. Ela, impulsiva. Eu, penso duas vezes antes de fazer. Ela, faz duas vezes antes de pensar. Eu, sossegada. Ela, totalmente acelerada, caapaz de fazer mil coisas ao mesmo tempo. E apesar de parecermos tão diferentes, cada vez que eu derrubo o sorvete na roupa, eu percebo o quanto somos iguais.


Ela erra caminhos, não entende piadas, não gosta de cozinhar, adora perfumes e puxa o saco do meu irmão mais novo.Em todas essas imperfeições, ela se torna perfeita. Por que? Porque é a minha mãe!




(Foto: As duas mulheres que mais admiro na vida - Jundiaí, Natal de 2008)

3 comentários:

Du Santana disse...

As mães dispensam comentários.
minha mãe me faz mais humano, mais do que qualquer outra pessoa me faria...

tem um MEME p/ vc em meu blog tá? ^^

Diegovj disse...

Não vivemos sem elas, não é verdade?

Parabéns para todas as mamães...

Bjos!

Michele disse...

Feliz dias das mães pra sua mãe Sulis!!!
By the way, adoroo sermões do Vieira hehehe, alguns deles...tem uns q são meio pé no saco, mais ainda continuo classificando o Eça de Queiroz como mais chato ever...as histórias são até q legais, mas o jeito q ele conta mee cansa mtooo.
bjossssmeligagata!

Ocorreu um erro neste gadget