quinta-feira, dezembro 28, 2006

Qualquer beijo de novela me faz chorar..


Já passou a tpm,
mas ainda assim.. ando tão a flor da pele..
e percebi que não sou só eu!
Seria o Natal??
Bom.. lá vai então, pras amigas que compartilham o sentimento!
Ando tão à flor da pele,
Que qualquer beijo de novela me faz chorar,
Ando tão à flor da pele,
Que teu olhar flor na janela me faz morrer,
Ando tão à flor da pele,
Que meu desejo se confunde com a vontade de não ser,
Ando tão à flor da pele,
Que a minha pele tem o fogo do juízo final.

Um barco sem porto,
Sem rumo,
Sem vela,
Cavalo sem sela,
Um bicho solto,
Um cão sem dono,
Um menino,
Um bandido,
Às vezes me preservo noutras suicido.

Às vezes me preservo noutras suicido.

Oh sim eu estou tão cansado,
Mas não pra dizer,
Que não acredito mais em você
Eu não preciso de muito dinheiro graças a Deus
Mas vou tomar aquele velho navio,
Aquele velho navio..

Um barco sem porto,
Sem rumo,
Sem vela,
Cavalo sem sela,
Um bicho solto,
Um cão sem dono,
Um menino,
Um bandido,
Às vezes me preservo noutras suicido.
Flor da Pele- Zeca Baleiro

Um comentário:

Michele Fernanda disse...

haha, às vezes me pergunto se algum dia eu não estou à flor da pele...ah...e esse clima de fim de ano contribui imensamente com isso...

Ocorreu um erro neste gadget