quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Que tal um filme?


Hoje, eu assisti a um filme que me surpreendeu muito. Primeiro, porque conseguiram deixar a Charlize Theron horrorosa. Eu achei que fosse impossível. Ela é uma das mulheres mais lindas que eu já vi na vida, e sim, ela está horrorosa. Gorda, descabelada, enfim.. Mas o melhor, é que ela soube fazer brilhantemente bem um papel que jamais seria atribuído a uma gostosona de Hollywood! Bem.. acabei de assistir a Moster - Desejo Assassino.
Veja bem, eu jamais assistiria um filme só por esse título. É péssimo. Tem nome de filme ruim. Ainda bem que na capa tinha lá a referência dos prêmios que o filme recebeu, (graças a atuação da Charlize, diga-se de passagem!) e então, decidimos arriscar!
A princípio, achei que o roteiro fosse seguir como a maioria dos filmes de serial killers. Um assassino que tem uma história de vida cheia de traumas, que age fria e calculadamente em cada assassinato e um policial super inteligente resolveria o caso. Bobagem! Eu devia saber que era bobagem, afinal, não é um serial killer qualquer.. se trata de uma história real, protagonizada por uma mulher!
O filme baseado em histórias reais sempre é algo intrigante também,pois nos dá a falsa ilusão de que estamos tendo uma reprodução fiel da realidade. Esquecemo-nos de que não deixa de ser uma ficção. E que é uma determinada visão dos fatos que foi escolhida pra ser retratada (dentre as muitas que existem). E o grande lance do cinema é isso: fazer a ficção parecer realidade sem deixar de ser ficção.
Pois bem, em Monster, a diretora e roteirista Patty Jenkis tentou transformar a história da protagonista Aileen em um filme mais próximo possível da realidade dessa mulher. O filme se passa no mesmo lugar onde tudo aconteceu.. nos mesmos bares, no apartamento que ela morou, e durante as filmagens, as pessoas que a conheceram estavam por volta, como espectadores.
Ailleen teve uma vida de cão. Família desestruturada, uma jovem sonhadora.. que ainda criança se rende a prostituição. Essa é a única forma de viver que ela conhece. Essa vida a leva a ter repulsa por homens. Até que um dia, logo após desistir de se matar, ela conhece
Selby. Uma menina que irá lhe mostrar uma outra forma de amor. É a única saída para Lee. É como se fosse a luz no fim do túnel. E ela é capaz de tudo, pra agarrar essa chance. De realmente gostar e ser gostada. Ao mesmo tempo que Lee conhece bem a realidade, conhece bem o mundo real, ela age muitas vezes ingenuamente.. como se fugisse dessa realidade, tentando dessa forma viver o mundo que ela gostaria de viver.
Não vou contar o decorrer (e nem o desfecho) da história. Mas é um filme que faz pensar. Não é só entretenimento. Te faz pensar e muito. Sobre as relações humanas, sobre o egoísmo, sobre a ilusão, o desespero que muitos vivem e a gente nem sequer faz idéia. E como os julgamentos também são egoístas, e as vezes, cruéis.
Sem demagogias e sem tomar partido, é um filme que conta uma história triste. Que tentou ser feliz. Acreditou que podia ser feliz. Mas nem sempre isso basta né?
Por fim, os assassinatos nem são o foco principal da narrativa, embora tenham muita importância, uma vez que são consequências dessa história de amor. Uma história de amor que foge aos padrões.
Vale a pena conferir, a Charlize está ótima, a Christina Ricci continua feinha, mas é um filme e tanto!

5 comentários:

« grands ¥eux disse...

A Ricci é a mocinha dos adams e ponto final. quando vejo ela em outros filmes, eu penso: cadê o irmãozinho dela com a serra?

hahaha
=*

Diegovj disse...

Esse filme é realmente muito bom, agora sacanagem deixar a Charlize feia daquele jeito...auahua

Bjão

Talitajj disse...

Nunca assisti esse filme, mas sempre tive vontade!
Vou definitivamente vê-lo agora!
Beijos
PS: Sue, mudei o endereço do meu blog! dá uma conferida pelo meu link de postagem aqui...mas não tem nada escrito de diferente..minha imaginação está "infértil" haha

Érika disse...

Oi, Sue Ellen, tb vim visitar o seu blog, bem bacana! Valeu pela dica do filme... Como diz um outro comentário, tb associo a Charlize com terror... E tem um filme super trash com ela e o Jhonny, que eu tenho o DVD só por causa do meu amor cinematográfico. Te juro, é trash mesmo ("Enigma do Espaço"). Mas tem o Depp!!! Beijos.
Érika - http://liquimix.zip.net

MICHELE disse...

nossa sue...esse filme deve ser bom emsm pq vc quase nunca fala mto sobre algum filme q valha a pena...hehe, qdo eu voltar se tiver oportunidade assisto...aqui eu sou mão de vaca total, num alugo filme nenhum...bjos!!!

Ocorreu um erro neste gadget