sexta-feira, abril 16, 2010

É assim. Um dia você está como em todos outros, as pessoas que você conhece são as mesmas, assim como as coisas que você faz. Você nunca sabe quando isso pode mudar. Mas muda. E tudo acontece "de repente, não mais que de repente"....
E foi assim. De repente, estavamos todos na mesa do Cidão rindo muito. De repente, nasceu o churrasco na praça. E de repente, surge o Devaneios. E o CPJ. E vem mais um e outro, lá do sertão Paulista, vem o Pardal.. quietinho, na dele, com frases certas, no momento certo. E também o Lu, o oposto.. irreverente, descontraído, falante (e falante, e falante..rss) E a amiga do amigo se junta a turma, Ziza! Que abraça o CPJ, abraça as bagunças, os sonhos e também a "realidade". E de repente... não mais que de repente: pessoas que até então eram desconhecidas, tornam-se indispensáveis. Insubstiuíveis
Antes, desconhecidos. Hoje, amigos. Grandes amigos. Companheiros de trabalho, de festas, de ócio, de vida.
Tudo de repente, não mais que de repente.

E da mesma forma que sem que a gente entenda como a vida une as pessoas, ela separa. E cada um segue seu rumo, busca o que é melhor pra si. Tenta o novo, faz da vida.."uma aventura errante" E quem fica.. bem, não sei se todos, mas eu sinto como se um pedacinho de mim estivesse indo junto. E eu espero que realmente esteja, para que eu algum lugar, possamos estar todos sempre juntos.
(vou sentir saudade disso tudo) 


"De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez o drama.
De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente
Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente."


2 comentários:

Michele disse...

É engraçado isso né!? A vida une e separa...parece q foi ontem tbém q viviamos no bus indo e vindo everyday...
É meio melancólico, mas ao mesmo tempo bom, pq se um dia isso passa e sentimos saudade means that valeu mto a pena né...
:)

Isis disse...

:'(

Chorando...

Ocorreu um erro neste gadget