quarta-feira, janeiro 03, 2007

"Me desculpe por eu ter voz"


Eh.. acabou a mamata...
Ontem voltei a trabalhar. Voltei a me sentir útil, a acordar cedo, a ficar menos tempo na internet, e a comer menos tb. Eu reclamo, mas é bom trabalhar. E melhor ainda é ter seu próprio dinheiro (que nunca sobra), poder comprar aquele livro que vc queria, pq, como disse a Mari - eu quero ter os livros que eu gosto - ou então uma bijuteria que vc não precisa, comprar presentes.
Adoro dar presentes. Acho mais legal do que ganhar presentes. Por vários motivos, um deles é porque nem sempre ganhamos aquilo que gostamos ou queríamos..rsss e porque é a maior satisfação acertar no presente e ver que a pessoa adorou, que está usando, que sorriu quando abriu o pacote.
Quero continuar trabalhando pra poder ter esses simples prazeres: um presente, uma coixinha e uma coca cola, um brinco novo, um livro.. e ter tudo isso sem me sentir mal, sem ter que pedir pra ninguém!
2007 começou muito bem.. nenhuma novidade extraordinária, mas bem. Estou me sentindo bem comigo mesmo.. tem coisa melhor?
Bom, mas vou parar por aqui porque houve reclamações.. sabe como é, eu preciso aprender a ser objetiva (?)
Blá, pensei que isso daqui não fosse um site informativo!
E não para de chover....

Um comentário:

Michele Fernanda disse...

Essa frase nunca foi lida em momento mais temático que este pra mim. Acho que decididamente não sou forte pq eu não consigo me calar, e bem, sempre acabo arranjando confusão aqui em casa por falar demais o que eu acho. É difícil pra mim ver injustiças, desigualdades e conseguir ficar de bico fechado, simplesmente não dá. Eu não tenho jeito mesmo...

Ocorreu um erro neste gadget