segunda-feira, janeiro 22, 2007

...superiormente interessante...


Outro dia, resgatei uma música da Marisa Monte.. a qual tornou público o trecho do livro O Primo Basílio, de Eça de Queiroz. Há quem acredite que esse trecho faz parte da composição da música, mas não é.. e sendo bem "chata", se formos levar em consideração a narrativa e o estilo literário de Eça, não faz cabimento esse trecho fazer parte de uma música tão romantiquinha. Enfim, hoje não estou aqui pra ser chata. Não hoje. E vou até concordar que as palavras do escritor português, fora de seu contexto, caíram até que muito bem na música da Marisa Monte.
Da música, a nick do msn.. agora resolvi colocar todo o trecho aqui.. minha preguiça me levou a recorrer ao Google, mas já fiquei irritada com as muitas versões, então, já que estou de férias, copiei do livro mesmo!
e por fim, reproduzo esse trecho porque eu adoro o jeito como ele descreve exatamente a sensação feminina diante "daquelas sentimentalidades".. como ele mergulha no universo feminino e faz que possamos sentir exatamente o que a Luíza sentia no momento, embora eu não saiba exatamente o que vem a ser "um banho térpido".. voilá..


"E Luiza tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, e seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas, como um corpo ressequido que se estira em uma banho térpido; sentia um acréscimo de estima por si mesma, e parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante, onde cada hora tem o seu encanto diferente, cada passo condizia ao extase, e a alma se cobria de um luxo radioso de sensações."


ps.: Sim, eu adoro o filme "O fabuloso destino de Amelie Poulain."

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget